5 dicas para expandir o marketing médico da clínica, ainda hoje!

5 dicas para expandir o marketing médico da clínica, ainda hoje!

Todos nós sabemos que os sites de buscas se tornaram a primeira opção na hora dos pacientes pesquisarem sintomas de doenças, encontrar especialistas e clínicas médicas bem avaliadas por outros usuários na internet.

Essa nova forma de se relacionar com a internet, abre uma janela de oportunidade para que as clínicas médicas possam fidelizar e atrair mais pacientes, se posicionando como referência em alguma área específica da saúde ou em um tipo específico de tratamento. Tudo isso é possível através do marketing médico digital, que possibilita criar e fortalecer uma boa comunicação com os pacientes, mesmo antes deles chegarem até a clínica.

Se você não sabe por onde começar, a Manager lista 5 dicas para expandir o marketing médico da sua clínica, ainda hoje!

1 – Público-Alvo

A definição do público alvo é primordial para nortear as ações de marketing. Afinal, para se comunicar de forma eficiente é essencial conhecer para quem você deseja se comunicar. Para segmentar e encontrar o público-alvo da sua clínica médica, é levado em consideração questões como idade, sexo, renda, escolaridade, além dos aspectos geográficos.

2 – Blog

Aqui o propósito é ajudar o máximo de pessoas possíveis, gerando conteúdo relevante para que o público-alvo. Ou seja, quando o paciente buscar informações na web, seja sobre um sintoma ou um novo tratamento dermatológico, ele encontrará o seu blog como esse canal de fonte de informação, gerando credibilidade para a clínica médica.

3 – E-mail Marketing

É ótimo para nutrir o interesse de quem já se interessou pelo conteúdo do blog da sua clínica médica. Por meio de campanhas e comunicações, como uma newsletter mensal, você fideliza o público-alvo levando até ele conteúdo personalizado de acordo com os interesses dele.

4 – Redes Sociais

As redes sociais são importantes, pois por meio delas é compartilhado os conteúdos do blog e notícias relevantes relacionadas à área de saúde. Isso possibilita uma comunicação direta e próxima entre paciente e clínica médica.

5 – Site Responsivo

Diferentemente das redes sociais e do blog, em que o objetivo é manter uma boa comunicação e um bom relacionamento entre clínica médica e seus pacientes, o site responsivo pode ser utilizado para captação de pacientes. Isso se faz “capturando” o e-mail e os dados de contato de um visitante do site, em troca de algum conteúdo rico que ele deseja consumir: pode ser um e-book, uma lista de dicas e melhores práticas ou o acesso à um webinar, por exemplo.

6 – Super dica extra!

Fique atento a resolução CFM 1974/11 do Conselho Federal de Medicina, sobre o que pode e o que não pode ser feito no marketing médico, separamos 14 iniciativas:

7 iniciativas permitidas:

  1. Identidade visual
  2. Site > Rede social > Blog
  3. Marketing de conteúdo
  4. Links e dicas de saúde ou fatos sobre doenças
  5. Divulgação de artigos médicos
  6. Divulgar equipamentos
  7. Folder

7 iniciativas proibidas:

  1. Fotos de pacientes
  2. Selfies durante atendimento
  3. Imagens “antes e depois”
  4. Expressões “o melhor”, “o mais eficiente”, “o único capacitado”, etc.
  5. Descontos como diferencial
  6. Médicos em comerciais
  7. Receber prêmios
× Vendas - Atendimento das 8h às 18h