Os 4 erros mais comuns da gestão em clínicas médicas

Os 4 erros mais comuns da gestão em clínicas médicas

Nós, da Manager, sabemos bem como a gestão da clínica médica pode ser um dos principais desafios para os médicos empreendedores. Sua formação é voltada para a medicina, e por isso algumas vezes falta aos profissionais da saúde o conhecimento técnico da área administrativa.

Entendendo esse cenário, é importante que o profissional da saúde busque conhecimento sobre os processos administrativos para não conduzir sua clínica ao fracasso. Mas, muitos desses problemas costumam surgir somente durante o caminho, e então a preocupação entra em cena.

Visando auxiliá-lo nesses processos administrativos, neste artigo vamos falar sobre os problemas básicos da gestão em clínicas médicas. Acompanhe!

Não ter metas definidas

Toda empresa necessita possuir metas e objetivos de negócio bem claros. Isso não muda para as clínicas médicas. Ao defini-los, você idealiza o futuro da clínica ao mesmo tempo em que mostrará aos colaboradores onde você planeja chegar.

Ter os objetivos bem definidos é vital para que você não cometa o mesmo erro mais de uma vez, o que deixa o crescimento do negócio estático. Possuindo metas e objetivos bem definidos, você é capaz de olhar e reconhecer quais gargalos estão impossibilitando o crescimento.

 

Misturar contas pessoais com as contas da clínica

Representa um dos erros mais comuns de gestão das clínicas a não separação das contas pessoais dos gestores, das contas da clínica. Retirar da clínica mais recursos do que ela pode gerar em um determinado período, é o começo para os problemas financeiros aparecerem. A única saída é separar as contas, só assim será possível saber se a clínica está se sustentando e sendo rentável.

 

Não estar atento às questões tributárias

As questões tributárias são consideradas a pior parte da gestão para os profissionais da saúde. Entretanto elas necessitam de um cuidado específico, uma vez que você não quer que sua clínica médica tenha complicações com o fisco.

Os tributos possuem tremenda burocracia, então não podem ser deixados de lado, converse com um contador para que ele o ajude nessa questão.

 

Não investir em tecnologia

O investimento em tecnologia em uma clínica médica é vital para uma rotina de processos otimizada, desde o agendamento de uma consulta até os pontos mais burocráticos que uma boa gestão requer. Devido à isso, o não investimento em tecnologia pode arruinar a produtividade necessária para o bom andamento da rotina e frear o crescimento da clínica.

Descubra como aumentar a produtividade em sua clínica médica.

Mesmo que corriqueiros, esses erros na gestão em clínicas médicas não devem ser tratados como normais, pois isso ajuda a prejudicar a imagem da clínica diante do paciente. Com uma gestão da clínica bem alinhada é possível tomar decisões com mais tranquilidade.

Quer saber mais sobre gestão em clínicas médicas? Leia este artigo sobre como aumentar a rentabilidade financeira em clínicas

× Vendas - Atendimento das 8h às 18h